Doenças de pele mais comuns
Doenças de pele mais comuns - Dermatite de contato

A dermatite de contato é uma das doenças de pele mais comuns. Principalmente no Brasil onde o clima é propenso para isso. Os dias quentes e úmidos potencializam o desenvolvimento dessas doenças de pele mais comuns e as tornam nossos inimigos mortais, pois afetam a estética, o bem estar e a auto estima.

Descubra tudo sobre a dermatite de contato e fique pronto para lutar contra essa doença. Melhor ainda, se previna e evite-a!

http://www.youtube.com/watch?v=qNRRHHJN6pI

Doenças de pele mais comuns

Doenças de pele mais comunsA pele é o maior órgão do corpo humano e tem o trabalho de proteger todos os outros órgãos do corpo. Ela é que desempenha o trabalho de excretar as substâncias nocivas à saúde do corpo através do suor e manter a nossa temperatura controlada. Nem por isso quer dizer que a pele é um órgão super resistente e, diversas das doenças de pele mais comuns a acomete todos os dias. Ela é na verdade muito frágil e está mais exposta do que qualquer outra parte do corpo aos agentes externos que podem e tentam invadi-lo regularmente. Por isso, é muito comum nossa pele ficar doente, embora haja vezes que nem saibamos. Veja a seguir algumas das doenças de pele mais comuns e seus principais sintomas.

Dermatites/Eczemas – Está é uma das doenças de pele mais comuns de se encontrar. Dá-se o nome de dermatite ou eczema para aquelas infecções cutâneas onde há eritema (vermelhidão) e edema (inchaço) como principais sintomas. É muito comum na infância e adolescência e seu tratamento é feito com o uso de cremes contendo corticóides, como a hidrocortisona.

Micose – Está talvez seja uma das doenças de pele mais comuns e que mais ouvimos falar. Micoses são geralmente pequenas infecções causadas por fungos que quando se reproduzem sob a pele pode dar origem a um processo infeccioso que, dependendo do tipo de fungo e região afetada, pode ser fundo ou apenas superficial.

Psoríase – Ela é uma doença de pele auto-imune e crônica cuja principal característica é o aparecimento de lesões cutâneas no paciente atingido pela doença. Na maior parte dos casos somente a pele é atingida, não comprometendo nenhum outro órgão do paciente. Certa percentagem dos pacientes também tem artrite associada, o que faz com que essa doença seja confundida com a gota. Manifesta-se em forma de inflamação e seu tratamento é feito basicamente com cremes tópicos, sistêmicos (via oral ou injeções) e fototerapia. É uma das doenças de pele mais comuns encontrada desde a antiguidade e que já acometeu até o Rei Henrique IV, da Inglaterra.

Urticária – Essa doença de pele manifesta-se sobre a forma de erupções cutâneas pruriginosas, salientes e tem esse nome por se parecer com a mesma reação inflamatória causada pelo contato direto com a planta chamada Urtiga. A principal causa da Urticária é o contato direto com agentes alérgicos, ou por resposta do sistema imunológico a algum tipo de comida ingerida ou estresse.

Vitiligo – Essa é uma doença também conhecida por pano-branco e é caracterizada pelo aparecimento de manchas brancas em determinadas partes do corpo pela falta ou deficiência na produção de melanina na região afetada. Pode ter origem psicossomática ou num trauma craniano muito intenso. Seu tratamento consiste de diversas terapêuticas diferentes, desde o uso de corticosteróides, fototerapia e terapias psicológicas.

Essas são as doenças de pele mais comuns e mais diagnosticadas. Todas elas possuem tratamento que geralmente é rápido e indolor, por isso é sempre importante procurar auxilio médico, pois somente um profissional pode lhe receitar o tratamento correto.